América Latina: um apetite crescente por ativos alternativos

London, UNITED KINGDOM


A Preqin lançou seu primeiro relatório com foco na América Latina. "Preqin Markets in Focus: Latin America’s Growing Appetite for Alternative Assets” explora o mercado emergente e as tendências que pavimentam o futuro da região no setor alternativo. Com diversos desafios e oportunidades exclusivas para as economias e os investidores da região, este relatório revela como a América Latina está deixando para trás a pandemia global e se expandindo ainda mais no mundo dos investimentos alternativos.

O produto interno bruto da região caiu cerca de 7,4% em 2020, de acordo com o Fundo Monetário Internacional1, em comparação com o declínio de 2,4% dos mercados emergentes mais amplos e a queda de 4,9% do PIB para as economias avançadas. A pandemia colocou alguns planos alternativos de alocação em espera, já que os investidores em toda a América Latina tiveram que se ajustar às necessidades de liquidez de curto prazo.

No entanto, a longo prazo, a Preqin prevê um futuro brilhante para o capital privado na região. A classe média em crescimento e as reformas previdenciárias iniciais na América Latina criaram um conjunto significativo de ativos para investir em capital privado. O tamanho do setor de "private equity" na América Latina permaneceu estável nos últimos anos, apesar dos desafios. Em junho de 2020, os ativos sob gestão (Assets Under Management - AUM) total era de US$ 28 bilhões, incluindo US$ 7,2 bilhões em pó seco. O capital de risco é um ponto forte na região. A chegada do fundo dedicado à América Latina da SoftBank de US$ 5 bilhões está começando a injetar um impulso significativo no setor, e incubadoras apoiadas pelo governo estão criando um ecossistema empresarial no Chile e no Peru.

Leia o 2021 Preqin Markets in Focus: Latin America’s Growing Appetite for Alternative Assets aqui:

https://www.preqin.com/insights/research/reports/preqin-markets-in-focus-latin-americas-growing-appetite

Dave Lowery, diretor de Research Insights da Preqin:

“Os eventos de 2020, como em muitas outras partes do mundo, destacaram a necessidade de inovação e desenvolvimento, um sentimento ecoado por nossos parceiros da região da América Latina. Um tema comum que ouvimos desses parceiros é a ênfase em colocar esse capital para trabalhar em estratégias de alto retorno absoluto. Na verdade, o capital de risco está atraindo muita atenção. Os fundos com foco em tecnologia digital tiveram sucesso atendendo aos atraentes dados demográficos da região; conforme a classe média cresce, ela também é jovem e ávida por novas tecnologias”.

Fatos importantes sobre ativos alternativos na América Latina:

O tamanho do setor de "private equity" na América Latina permaneceu estável nos últimos anos. Em junho de 2020, os ativos sob gestão (Assets Under Management - AUM) total era de US$ 28 bilhões, incluindo US$ 7,2 bilhões em pó seco.

  • O apetite por alternativas globais é saudável entre os alocadores na América Latina. Uma base de investidores cada vez mais sofisticada está ansiosa para colocar capital para trabalhar com GPs de alto desempenho, tanto local quanto globalmente.

  • As reformas recentes no Brasil podem proporcionar a estabilidade que os investidores internacionais de capital privado desejam. Um movimento em direção à independência do banco central pode ajudar a encerrar o ciclo de fuga de capitais, inflação e desvalorização da moeda que dissuadiu alguns investidores internacionais. A reforma da previdência social promete aliviar a situação fiscal desafiadora do país.

  • Os fundos de pensão privados da região estão aumentando sua alocação para GPs internacionais. O cenário de investidores institucionais na América Latina é dominado por grandes fundos de pensão do setor privado. Os sistemas de fundos de pensão privados nos principais mercados do México, Chile, Peru e Colômbia estão em US$ 447 bilhões, com as alocações alternativas aumentando significativamente.

  • O capital de risco é um ponto forte na região. A Softbank lançou um fundo dedicado de US$ 5 bilhões para a América Latina que já injetou um impulso significativo no mercado, e as incubadoras apoiadas pelo governo estão ajudando a desenvolver um ecossistema empreendedor no Chile e no Peru.

______________________________________________________________________________________________

A Preqin é o lar das alternativasTM, o principal fornecedor de dados, análises e insights para a comunidade de ativos alternativos. Desde o pioneirismo em métodos rigorosos de coleta de dados até o desenvolvimento de uma plataforma revolucionária, há mais de 16 anos nos comprometemos a aprofundar a compreensão dos alternativos. Por meio de estreita parceria com nossos clientes, construímos continuamente ferramentas inovadoras e extraímos novas inteligências para permitir que tomem as melhores decisões todos os dias.

Para obter mais informações, entre em contato com a nossa equipe de imprensa dedicada em press@preqin.com ou ligue para (+44) 20 3207 0282.

Se deseja receber atualizações semanais diretas sobre as últimas pesquisas, blogs, publicações, conferências e desenvolvimentos de produtos, inscreva-se no novo boletim informativo Spotlight da Preqin. Isso não afetará o recebimento de comunicados de imprensa da Preqin.


1 https://www.imf.org/en/Publications/WEO/Issues/2021/01/26/2021-world-economic-outlook-update